• Falando da experiência pessoal com o GT e outros jogos de corrida!
  • Grupo de campeonatos e amigos de GT
  • Diário de um Piloto, vídeos diversos da série, veja como completar provas, como conseguir troféus e mais!

30 de setembro de 2013

Platinei o meu Gran Turismo 5

Troféu de Platina do GT5!!

Foram necessário, segundo cálculos, exatos 1030 dias para eu obter o Gold Standard, logo abaixo. O mesmo que o Lucas fez em inacreditáveis 14 dias, mas que como ele mesmo disse, o que vale são os 100%. Rodei mais de 132 mil quilômetros nesse período, somente nessa conta. Aliás, se o MyPSt estivesse funcionando, eu arrebataria o troféu tartaruga do site (visto que hoje o último a platinar com maior tempo de jogo foi de “apenas” 1017 dias). Mas, claro, eu teria terminado muito antes se fosse humanamente possível concluir o Desafio X sem ter de decorar o traçado, apelar em trechos obscuros e fazer voltas sobre voltas sobre voltas… o processo de dominar o Red Bull X2010 foi lento. É algo um tanto lento até ter bastante segurança e se aventurar em alta velocidade nas curvas, mergulhando nelas com a certeza de estar fazendo tudo certo e saindo como esperado do outro lado. Tive ainda que migrar do controle pro volante que acabou comendo algum tempo em prática, mas tudo certo, hoje acredito que não sei nem mais jogar com o DualShock 3 (DS3).

E isso tudo bem a tempo de começar a próxima etapa, diretamente no GT6, onde espero fazer de ponta a ponta no volante e com a visão de cockpit.

O troféu padrão dourado

De todas as provas do jogo, posso dizer com tranquilidade que o único desafio que realmente compromete a platina e a torna tão difícil é o Desafio X. O único troféu de ouro de Gran Turismo 5 se resume a bater as 3 provas contra o campeão de F1, todas as demais são muito mais fáceis de obter êxito, talvez sentindo um pouco a dificuldade no Tour, em especial na Eiger. Dizer do campeão de F1, por sinal, que não faz o tempo de ouro, mas sim mais ou menos o de prata pelo que estudei assistindo ele guiar (oh sim, fiz o dever de casa). Porém, Vettel faz voltas limpas, sem derreter os pneus pelo peso do deslocamento horizontal e os brutais mais de 7G de aceleração, enquanto eu (e, bem, quase todos que querem andar rápido com o X2010) levam a aderência do X2010 além do limite, deixando um rastro de borracha por onde passam.

RobsonB arrastando o x2010 pela curva em Grand Valley
Esta imagem acima é a que uso como wallpaper no meu celular

Sem o Vettel no jogo e sem uma pressa absurda, a data da platina teria sido 1 de março de 2012 (muito antes de LBP, minha primeira platina), quando concluí a série resistência no modo A-Spec. Em junho do ano passado fiz o 100% de carreira (o A-Spec + B-Spec totalmente completados). De lá pra cá meu GT5 se resumiu a sazonais e guiar por prazer, já que a conexão não me ajudou a competir online. Foi apenas recentemente, neste último mês, com o contato que tive com uma galera dias atrás, que fui meter a cara novamente no X2010 com vontade de realmente sobrepor as duas provas do Desafio X que restavam para serem dominadas. Monza, a primeira superada, eu havia completado em março do ano passado, usando o controle ainda!

Minhas marcas

Gold, gold, gold...

Durante mais de um ano e meio essa janelinha estava com bronze, ouro, bronze, respectivamente. Olhando agora vejo que o conjunto de pistas envolve explorar características distintas do carro, então cada uma é um aprendizado e um lado diferente do Red Bull X2010. Das 3, Monza é a mais fácil para quem for começar e foi onde completei primeiro, nela a ideia a passar as curvas reduzindo o mínimo possível. Dela, parti para o primeiro desafio da lista, onde se aprende mais sobre não subir na zebra com o X2010 e sobre impor a aceleração horizontal do carro com o uso do freio, um truque curioso que permite fazer curvas com uma velocidade que você mesmo acredita que não vai dar certo. Por fim, Suzuka, onde a parte mais chata foi justamente a primeira metade e se aprende a dosar o acelerador para manter o ritmo alto. Isso, claro, olhando por cima… na prática envolve, infelizmente, flertar com a sorte e abusar dos limites da pista, decorando onde o carro passa, de onde ele não passa.

Para obter êxito, meu ajuste de assistência escolhida foi:

Ajuste que deu certo com o Logitech G27

Você, muito possivelmente, deve ter estranhado essa combinação. É até normal estar com a força de recuperação de derrapagem ligada, porque ela aumenta a aderência quando o carro começa a escapar, mas a direção ativa setada como forte é um pouco incomum. Acontece que no controle se torna mesmo um problema, visto que muitas das manobras acabam se tornando ainda mais lentas/limitadas, um efeito indesejável quando se leva o X2010 ao limite, mas no volante guiando o Red Bull com concentração alta ela me permitiu abusar mais dos mergulhos nas curvas sem que o carro se desgovernasse. Em resumo, a direção do X2010 é fazer as curvas com ele colado no chão e só atacar zebras/desníveis com ele andando reto. Nessa condição, você pode fazer praticamente o que quiser com ele, na velocidade que puder…

Desafio 1: Nürburgring GP/F

Ouro Nürburgring

Nürburgring GP/F foi, na verdade, minha segunda parada. Nela foi que aprendi sobre a arte de levar o X2010 ao seu limite… ou ao meu limite, já que cada vez que freava mais ou fora do local certo, percebia a perda de tempo como se fossem vários segundos inteiros… em Nur percebi o quão crucial é a sensibilidade no uso do acelerador (várias destas curvas se resumem a soltar meio acelerador, virar e acelerar novamente) e na troca de acelerador/freio em combinação com o girar do volante, de forma muito sincronizada. São detalhes, mas são estes detalhes que denotam um tempo cada vez mais baixo de um cada vez mais alto. É preciso estar em sintonia com o carro, mais que com qualquer outro disponível no jogo. E é nesse ponto que o volante mostra estar um degrau acima que o DS3, tudo lhe leva a ter mais precisão a cada volta. O resultado é natural, quanto mais tempo guiando, mais perto de dominar o carro você está.

Gosto do percurso. O ponto chave nessa pista é frear tardiamente, com mais força, e então deixar o acelerador do X2010 trabalhar a saída da curva. O local mais complicado é o S bem ao final, mas do mesmo modo que em Monza ele é coberto e é possível atropelar os caixotes se fizer a primeira perna da curva a exatos 45°, com a lateral direita do carro passando rente com a barreira. Deste modo, ele não salta a zebra… a curva seguinte, a última da volta, exige uma freada mais forte, manter a velocidade e então sair acelerando (e não a tentação de fazer o oposto disso, se não ele abre a curva e você perde em velocidade final)

Desafio 2: Monza

O desafio em Monza, óbvio, não refiz no volante. Ficou o desafio completado no DualShock 3 um ano e meio atrás, com um vídeo tão idoso tanto:

Também não regravarei o replay dessa volta com a placa de captura, porque se não ficam 2 vídeos no canal do Youtube.

Ouro em Monza

Há, claro, a outra ponta, o volante remove assistências que no controle só atrapalham a tocada com o X2010 (e a FGT/F1). Isso no começo é um problema, mas depois facilita muito a vida de quem está correndo com o G27 em relação a quem corre no DualShock3. Monza, por si, se resume em 4 passagens: a primeira, logo na saída, basta vir por fora, cortar a primeira perna do S e atalhar. No segundo S, atalhe também, reduzindo o mínimo possível… no balão, pelo controle é mais complicado, se resume a primeira entrada para a esquerda, se fizer ela certa, e manter o timing, faz o zigue-zague sem transtornos (no controle esse ponto é o pior, porque demora mais para o carro centrar e então virar pro lado oposto)… e por fim, a cereja do bolo na pista, a última curva começa mais fechada e então se abre, basta entrar rasgando e deixar o acelerador resolver a saída. A mais curta e veloz das 3 provas.

Desafio 3: Suzuka

Ouro Suzuka

Última etapa, último desafio, minha última prova do GT5. Suzuka. Não poderia haver palco mais desejável na série. Tenho um sério problema com o ponto ao centro do mapa, onde há duas curvas para a direita após o slalom da primeira etapa. A parte do zigue-zague no volante exige que você maneire no uso do acelerador, a vontade é andar com o pé embaixo, mas é mais prático dosar entre 50% e 75% do acelerador, com leves aceleradas de pé cheio nesse trecho. O x2010 transpõe muito bem a primeira curva e consegue segurar/ter força G lateral suficiente para sair da segunda curva. O S antes da última curva tem uma falha e é o único ponto que permite atalhar, mas exige uma precisão bem alta. Basta ir pela direita, onde tem um aviso de baixar a velocidade, note que há uma faixa de asfalto, é possível cortar por ela ao invés de fazer o S, com uma velocidade moderada. As curvas em Suzuka são quase todas longas, então nesse percurso o volante dá uma precisão maior que o controle em manter o ângulo desejado sem balançar o carro.

E é claro, tentando ir um passo além do habitual, se prepare para ver muito a mensagem de desqualificado.

Desqualificado

Ela é insuportável quando se guia no controle, porque significa que se ficará 10s aguardando o reinício da prova nos boxes. Mas quando se está no volante, esses 10s são revigorantes. E se fosse dar um conselho para tentar, seria faça tudo consciente e com calma. O sangue frio é premissa para aguardar o momento certo.

Telas finais de GT5

Tela final

Com o jogo totalmente completo, meu perfil está como na imagem acima. Como não é uma imagem que se conquista todos os dias, a que compartilhei no meu perfil pessoal do face foi esta:

100 por cento

Entre as que conquistei, certamente a que me dá mais orgulho enquanto jogador é a de Gran Turismo 5. Só o troféu de ouro+platina me fez subir 20% no nível 11 da PSN. Mas não por isso, a razão da satisfação em ter concluído GT5 reside no fato de que comprei o PlayStation para jogar este jogo. Comprei o volante também, tudo em nome da imersão com o jogo de corrida… jogo de corrida não! Simulador! Embora eu resguarde meu interesse em vários jogos, como se percebe pela tela abaixo do meu perfil, realmente, de lançamentos em 2013 meus olhos só estão brilhando pelo Gran Turismo 6 mesmo. Tudo isso é apenas um ensaio para o próximo GT.

platinas

E é claro, ao findar com ouro o desafio do Vettel, vai para a garagem (e eu compartilhei com os amigos na rede) se recebe o exclusivíssimo Red Bull X2010 Prototype!

O último carro do jogo

Red Bull X2010 Prototype

Embora o modelo do Vettel e o que tem a venda, que se consegue com 3 pratas no Desafio X, tenham mais PP que este.

O que me aguarda

Espero que GT6 copie, sim, coisas interessantes de outros jogos, vide o primeiro Grid com pontuação extra pela dificuldade. Seria justo para que corre com visão de cockpit receber uns créditos extras (já que se sabe que não haverá mais lv no próximo Gran Turismo). Enquanto isso, estou recuperando outras coisas que ficaram paradas no blog. Entre elas, uma em especial, que remete a essa imagem:

Mercedes-Benz SLR McLaren

Umas voltas com os carros em stock, tentando replicar o ambiente do carro (tipo de marcha, por exemplo, e posição) para eu jogar. Por hora, como a vida anda muito corrida (sem trocadilhos com o jogo), não prometo nada além de me divertir… e o blog, bom, não sei se mudo de endereço ou se deixo como está. Recentemente adquiri o domínio granturismo.blog.br (pode acessar sempre no seu navegador) que se tornou um apontador para o blog.robsonb.com.br.

 

10 de fevereiro de 2013

Grupo Gran Turismo 5 no FB

Grupo Gran Turismo 5

Esta semana que se passou, por indicação de alguns pilotos do grupo do GT5, me tornei admin do grupo Gran Turismo 5 no Facebook. Com muita alegria e ciente da responsabilidade, assumi o posto e comecei a trabalhar nele. Então, se joga Gran Turismo e usa Facebook, não pense 2x e venha se tornar membro deste grupo. Tudo que é relacionado a série que eu ler por aí, postarei lá grupo. E os membros todos também postam livremente material relativo a série, então é um espaço muito rico de informações para os amantes do Gran Turismo 5 compartilhar entre si.

Fan Page do Blog

Tem um tempo que eu queria dar uma mexida aqui no blog também e tem ainda mais algumas coisas que se fazem muito necessárias – o único problema é sempre o mesmo, tempo. Esse update foi pensado, óbvio, em quem acessa o blog com certa regularidade e usa o Facebook como rede social padrão. E eu acompanho pelos stats que bastante gente vem quase que diariamente acompanhar o que escrevo sobre Gran Turismo, então não custa reforçar um pouco o valor deste trabalho.

Fan page no facebook

O blog enfim recebeu sua fan page. Numa mexida anterior, os likes que alguns de vocês deram ficaram vinculados ao URL do blog e se perderam, pois agora o botão curtir está ligado diretamente a fan-page, assim quem curtir lá ou aqui, curte apenas uma vez, em um local, independente de qual botão usar, e já está valendo o like.

O espaço dentro do Facebook é vinculado aos de comunidade do Gran Turismo 5, bem a cara que tenho tentado dar aqui ao blog. Se notarem, lá não tem o número 5 na página, isso porque alguma hora vai vir o GT6, e eu irei migrar para a nova versão. E também porque, embora GT5 seja o carro chefe do blog e continuará sendo por um bom tempo, quero começar a explorar mais o automobilismo virtual e do mesmo modo como comecei a falar por cima sobre o uso do G27, irei tentar falar mais de outros simuladores e do acompanhamento de provas reais.

E é nesse ponto que a página entra. O blog, aqui, é de conteúdo exclusivamente autoral (100% escrito por mim), enquanto que a página do blog no Facebook é aberta a quem lê para fazer referências e tudo que eu leio e acho interessante relacionado ao automobilismo em geral, além das postagens aqui do blog, vão parar lá. Então, a fan-page é muito mais dinâmica e tem muito mais atualizações que o blog. Tem corridas reais rolando, tem novidades de todo tipo e, claro, é muito mais provável que apareça lá primeiro.

Não dá pra esquecer que na lata da 599GTB que ilustra a capa do blog por lá, há duas referências à Equipe GGT, o número do carro (o #83 é o meu número como piloto na equipe) e o nome dela estampado na parte traseira. E isso porque todos os eventos que eu participar com a equipe também darão as caras aqui no blog e, por extensão, lá na página do Facebook.

Então, como tudo que aparecer aqui será linkado também lá, os amigos que usam o Facebook terão um feed constante do que for publicado aqui bem mais acessível que o não tão popular RSS

Curtiu o blog?! Clique em curtir!!

barra-lateral

Mencionei que os “likes” que derem lá na fan page permitem que se acompanhe muito mais conteúdo que aqui do blog, mas isso também vai exibir seu avatar aqui no blog e este é meu combustível para escrever mais! Se alguma postagem agradar, ou o blog de forma geral ser um espaço que considere bacana, curta! O curtir é um termômetro para quem ainda não conhece o espaço e mostra que há qualidade por aqui. 🙂 É só ir na barra aqui do lado e curtir. 😉

Novos comentários

Intense Debate

O WordPress é uma plataforma bacana para o blog, mas a medida que passei a andar mais tempo fora de casa trabalhando, percebi que os comentários eram um tanto dificultados de se fazer, isso por que as pessoas precisam preencher dados. Hoje ninguém tem paciência para escrever nome, email e tudo mais, então se você usa WordPress, Twitter ou o próprio Facebook, para comentar bastará logar com sua conta e se concentrar em fazer seu comentário. O Intense Debate também permitiu criar uma cascata nos comentários, permitindo que respostas apareçam logo abaixo de um comentário. Ainda preciso aprovar o que for comentado, para evitar spam, mas ficou muito mais prático.

 

7 de novembro de 2012

Atualização 2.09 do Gran Turismo 5


Paciência e uns megas a menos no HD do PlayStation

Pesando 102MB (pra quem vem da 2.08) a atualização 2.09 é um pacote de correções que mostram que a Polyphony continua trabalhando duro no Gran Turismo 5.

Embora não nos entregue coisas desejadas no ambiente online/offline como um todo (vide a opção kick, para o host remover pilotos que estejam afetando o propósito da sala), ela dá mais uns passos em direção a isso. O ponto alto, sem dúvida, é agora poder definir na sala online a taxa de consumo dos pneus (em quatro níveis, do desligado ao rode só com o aro). Ainda nesse tema, os pneus, foi também equilibrado o consumo deles em certas circunstâncias, dependendo do veículo… é uma informação vaga, mas tenho algumas ideias em mente e dependendo do resultado compartilho aqui em breve o que descobrir (a respeito de derrapagens com diferencial alto usando carros de Le Mans em Mônaco, por exemplo).

As demais correções se limitam a casos específicos, como a quem joga com tela 3D e que agora ganhou uma refinada na visualização ou a quem possui o HSV-010 (DLC recente), que foi revisto e teve a rotação aumentada dos 9 mil rpm para  10.300rpm, além de melhorarem o som do motor do Honda. Outro carro arrumado nesse embalo foi o Toyota Prius (todos eles), que algumas vezes em provas de resistência não consumia combustível e nas provas online, às vezes, também não gastava os pneus.

Mais importantes destas atualizações menores foi a dos boxes da pista Twin Ring Motegi Road Course East. Nela, em especial, os carros da IA brilhantemente batiam ao entrar para um pit-stop.

E como a PD gosta de fazer uma média, diz nesta atualização que se corrigiu a diferença de controle entre o online o offline… isso, naturalmente, em UMA situação. Resta levar o carro pra pista, online, e ver o que difere, se difere, onde…

Remoção da notícia do bug

No menu de notícias do Gran Turismo 5, sem razão, foi excluído o aviso de manutenção prevista e o de instabilidade (e de desligamento) do servidor do jogo, que estava dando sérios problemas para as provas online. Não só eles, todas as notícias de outubro sumiram!

 

22 de setembro de 2012

Easter Eggs de Gran Turismo 5

Todos adoram easter eggs! Os jogos que tem alguns dos mais divertidos são os da série GTA, mas nem por isso Gran Turismo ficaria de fora de ter também os seus, assim, aqui estão alguns dos mais curiosos e divertidos que existem no jogo. Aliás, se fosse possível marcar uma pista para ser a mais cheia de coisas do tipo, esta seria Trial Mountain, que herdou tudo do GT4 e ganhou outros mais. Por fim, incluí outras curiosidades que não seriam bem easter eggs! mas valem a pena de se espiar.

Modelo do GT-R R34


Obrigado por encontrar isso! : )

No piso do do GT-R existe a frase “Thanks for finding this! : )“, uma referência a descoberta nesse mesmo carro das marcações de montagem da versão em escala, que foi criado pela AutoArt (havia até o logo dela na imagem de base no modelo da Nismo, abaixo).

É isso mesmo, alguns dos carros mais incríveis foram feitos a partir de brinquedos em escala reduzida, então na parte inferior deles havia grandes parafusos, marcação de plástico injetado e que podiam ser vistos ANTES de uma atualização corrigir isto e repor pela frase ou por um fundo preto.


Duplo escape? E dizer que o da Nissan é diferente…

No Mine’s BNR34 Skyline GT-R ainda é possível ver a imagem usada para guiar a montagem do escape e peças na parte de baixo que não estão no Nissan GT-R base.


Removeram o piso todo do Nismo GT-R, mas ele foi feito a partir de um modelo em escala!

Por fim, no Nismo GT-R R34 (standard) a parte inferior que tinha uma tira metálica com o nome do carro e do fabricante, além dos parafusos, mas que deu lugar a  um fundo preto que se vê acima.

Pilotos com nome e sobrenome

Há algumas referências aleatórias de sobrenomes com iniciais que remetem a pessoas reais ligadas ao mundo dos carros. Eu consegui certa vez ter como piloto B-Spec o M. Schumacher. Mas o mais curioso sem dúvida é o piloto de uma Lotus Esprit, guiada por nada menos que “J. Bond”, numa claríssima referência aos filmes “007 – Somente para seus Olhos” e “007 – O espião que me amou”.

O camelo de Trial Mountain


Ali, numa boa..


…também é chamado de “o Monstro do Lago Ness”

Apelidado de o Monstro do Lago Ness, esse camelo está naquele lago próximo a última curva e pode ser visto no cantinho com o Photo Mode. Esse é um dos easter egg herdado do GT4.

Cachorro de Marktgasse


Um dos mais fotografados do GT5

Esse gerou certa polêmica quando falaram ser um item herdado do GT4. Sério, há quem acredite que ele estava lá. Bom, liguei o PS2 e fui a caça do bicho só pra descargo de consciência, com calma, mas nada feito. Até achei incrível em como os bonecos eram trabalhados no GT4, como os que ficam na pista fotografando e saem correndo quando o carro vem se aproximando, e na qualidade visual de algumas pistas de rally.


Fake brabo

Por outro lado, os guindastes espalhados pelas diversas pistas do GT5 são exatamente os mesmos do GT4!!


Imagem de um guindaste no GT4


Imagem de um guindaste no GT5 (o mesmo)

Macacos nos mordam!


Lá ele, agora você viu com certeza!


Um pouco mais de perto…


E aqui pelo outro lado…

Este eu vi tão logo corri na pista Trial Mountain. Acredito que todos viram ele, não?! Após o primeiro túnel há uma árvore meio caída depois da segunda curva deste ponto, sobre ela está um macaquinho gibão. O curioso é que não importa de que ângulo olhe, ele sempre estará de costas para você! E ele não estava ali no GT4.

Endangered species!

Referência minha ao GTA IV. Os ratos voadores buscaram refúgio no Gran Turismo depois que Niko Bellic os exterminou. Na Abadia de San Galgano, mais precisamente, há vários pombos pelo chão. Pena que eles não saem voando quando se coloca o carro perto demais deles.

Yeah, you must love cats!


Ahh, ali… dentro do templo, como nunca reparei?!


Um ataque de fofura dentro do Gran Turismo!


O felino virou meu avatar no jogo

Há um gato meio oculto no Japão. Com o Photo Travel se pode localizar este gatinho de Gion, Quioto – o primeiro destino, onde se consegue o troféu “Exclusivo Fotográfico” capturando uma imagem do senhor que está na ponte. Qual? Este senhor:


“Todo mundo me fotografa ali, mas poucos fotografam meu gato”

Pescadores em Trial Mountain


Lago tranquilo, só espero que o ronco dos motores não afaste os peixes…


Opa, mas o que ele está fazendo com essa mão boba?! Segurando a vara, né, heheh…

Ainda próximo ao camelo de Trial Mountain, há um pequeno barquinho, mais ao centro do lago, com dois pescadores.

O dirigível de Trial Mountain


Esse Zeppelin fica rondando a pista


Não fica despercebido, com certeza!

Sim, ele só aparece nesta pista, dando suas voltas enquanto se está correndo.

Um balão em Chamonix


Todo mundo deve ter visto esse balão em Chamonix, certo?


Ele fica por ali propagandeando o nome da pista num céu azul perfeito

O que poucos sabem é que é uma referência ao balão da RE/MAX, famosa pelas propagandas em balões. Bom, de longe ele chega a enganar um pouco, abaixo um da empresa.


Foto de um balão da RE/MAX amarrado ao solo

PS3 no banco de trás


Olhando para trás do G37…


…tem TV, som e um PlayStation 3 fat!

Correndo com a visão de cockpit (a interna) no modelo G37 da High End Performance (vencedor do GT Award na SEMA 2008), ao olhar para trás há um PlayStation 3 fat e uma tv no banco traseiro do carro. Isso sim é personalização. Outra curiosidade em relação a este carro é que no momento de compra ele vem com várias luzes na grade dianteira que depois, sem explicação aparente, nunca mais se ligam.

O retratista


“Aguarde para falar com um de nossos atendentes”

Pelo que se sabe ela é a única mulher no jogo. O local mais fácil de ver ela é em Marktgasse, localizado em Berna, Alemanha, que é o segundo destino do Photo Travel. Além do Photo Travel, ela também aparece no Tour e na Licença B. O curioso mesmo é que não há negros em GT5! Uns especulam que ela seja a esposa do jogador, mas daí já é imaginação demais até pra mim…

George Clooney no Outdoor


O carro favorito de George Clooney é este belo Honda Odyssey ’03


Podia até ter um troféu 11 homens e um Honda!


Será que a Polyphony pagou ao Clooney pra usar sua imagem no jogo?!

Em Tokyo R246 há um outdoor da Honda, na mesma avenida em que se ganha o troféu “Leve seu Honda pra casa”, onde George apresenta o Odyssey. Caso bata a curiosidade, o carro está no jogo como modelo Standard também.

 Bonecos com teletransporte


Como se chegaria lá em cima?! Contrate assistentes ninjas!


Ninjas chegam lá em cima e tem visão de águia para acompanhar os carros 100m abaixo


Escadas são para os fracos, hahah, esses daí são alpinistas!


E é claro que todas são replicadas e tem esse mesmo problema

Em todos os postos de checagem de Autumn Ring não existem escadas por onde os bonecos poderiam subir. Mesmo com a altura elevada em alguns pontos. Pelo menos agora temos uma pista do que talvez para que servem os guindastes…

Carros sub-standard


Espero que não precise de socorro em Nurbürgring


Um quadriculado medonho… e a parte preta não é a sombra dele!


Nem os carros do PS1 eram tão feios e mal acabados!

Alguns carros que ficam servido de apoio cenográfico são tão feitos a facão que nem chegam a ser standard……. não é difícil ver esses carros ao redor da pista, em especial na Toscana e em Nürburgring Nordschleife. Não fazem nome ao Gran Turismo ou as capacidades do PS3.

 Concessionário está na pista


Após a Honda e a Sony, temos um concessionário da Bentley em Tokyo R246


A única coisa que é curiosa nsso é que o Bentley Continental exposto não está no jogo


Felizmente o GranTurismo S da Maserati, loja ao lado da Bentley, está presente no jogo

Na pista de Tokyo R246, além do prédio da Honda e da Sony, existe também um concessionário da Bentley e no lado o da Maseratti! O curioso aqui é que o carros que aparecem no concessionário da Bentley não estão presentes no jogo! A Bentley, aliás, sequer tem concessionário no jogo, só está representada pelo Speed 8 (vencedor de Le Mans).

O logo do GT5 em 3D no cenário

Na pista Special Stage Route 5 no prédio vindo da última curva tem o logo do Gran Turismo formado pelas luzes das salas.

Censura?


Renault 5 Maxi Turbo ’84 em imagem do Gran Turismo 4

O Renault 5 Maxi Turbo ’84 teve seu principal patrocinador removido no GT5. O curioso é que o mesmo carro veio do GT4 e, na versão anterior do jogo, ele tinha o patrocinador bem exposto na lateral, parabrisa, capô… O que será que fez a Polyphony excluir a Philips neste carro?!


O mesmo Renault 5 no Gran Turismo 5, sem o patrocínio da Philips

Todos os easter eggs e curiosidades foram capturadas por mim e são confirmados

 

2 de maio de 2011

Grinding no Gran Turismo 5

RedBullEmQuioto

Consegui subir ao lv36 do B-Spec no decorrer do findi… e ao lv38 do A-Spec. E o piloto do B-Spec chegou a classe 40. Mas o próximo troféu que está se aproximando no horizonte do GT5 é o dos 1000 carros… 120 únicos faltando.

Faltando pro A-Spec apenas as corridas de 9 e 24 horas… sem save no decorrer da corrida é impossível fechar essas 3 provas.

 

9 de março de 2011

Carnaval? Gran Turismo 5!

Joguei o que pude nesses dias de festa. Bastante até no online, que pra 2011 foi minha novidade. Até me surpreendo às vezes, quando acontece isso:

DSC08222P
PS3 4x mais caro, jogo 3x mais caro, vencer os norte-americanos jogando no Brasil, não tem preço…

Aí, me lembro do quadrinho Como eles nos olham e não tarda a acontecer isso:

DSC08226P
…mas tem expulsão!

Pôxa… será que a auto-estima deles anda tão por baixo assim?! Eu venço uma prova e levo kick da sala… e isso não acontece uma única vez no feriado de carnaval, era quase que uma rotina…… e eu não fazia nada de diferente deles, apenas fui mais rápido mesmo. Em se tratanto de cheat, é um fato, somos os “melhores”. O jeitinho brasileiro é a regra, tem um glitch no jogo na SS Rota 7 e é visto que os brazukas são os primeiros a passar pela fenda, somos os primeiros a começar a dar zerinhos e, óbvio, vencemos. É demais para eles. Em outra sala (que também fui expulso) estavamos em 12, havia dois brasileiros, consegui passar o outro brasileiro no fim da prova, ambos chegamos no topo da tabela e o resultado não tardou, ambos enviados pra fora… em outras salas, havia alguns “f u c k k brazil” e não demorava a ouvir “a brazilian” quando se entrava na sala, antes de ser desplugado…

Muitas vezes, nem bem eu estava entrando na sala e “perdia a conexão com o servidor”… somos, mesmo, muitas vezes, vistos como no quadrinho que citei…

Mas, paralelo as expulsões, vi algumas coisas legais no jogo:

DSC08221P
Perco a sala, mas não a piada!

E, finalmente, encontrei a tinta perfeita… a tinta mais metaleira do mundo:

DSC08219P
Além de Deep Purple, é Metallic(a.)!

E é isso… 9 troféus pra obter, lv 37, 42 ouro, 18 pratas, 530+ carros… joga GT5? Add R4-RobsonB ! Smiley piscando

 

25 de janeiro de 2011

Gran Turismo 4 vs Gran Turismo 5!

Estou jogando ambos… GT4 e GT5. Passei a porcentagem do GT4 (de uns 2 anos de jogo) no GT5 em menos de 2 meses… possuo hoje mais trofeus no GT5 que em qualquer outro game do PS3. Mas o quanto GT5 é melhor? Onde ele é melhor?

(Para continuar lendo, clique AQUI…)

 

16 de janeiro de 2011

Gran Turismo 5

Gran Turismo 5 - NOVO JOGO

Não havia postado… o sexto jogo, o motivo pelo qual comprei meu console, a espera de meses, o prazer em jogar… sim, mês com ele e só agora postei aqui…. 😀

O jogo segue a série, é bom, a física pra mim é a melhor desde Gran Turismo 2, a visão interna é a melhor, as provas começam muito fáceis, mas vão ganhando dificuldade a medida que se sobe de nível. Não curti o fato das carteiras não serem uma obrigação (ainda o são, mas perderam o seu papel para o sistema de nível)… detestei a obrigatoriedade de jogar o B-Spec, achei que isso ficou pior que no GT4. Mas overall, é o jogo que eu esperava, me deixou feliz e só não estou mais feliz porque estou jogando a versão 1.0 (e está disponível a 1.05 já)… agora, com a Internet disponível, espero elevar o nível do jogo. Não apenas de GT5, mas com destaque para este título.

 

13 de agosto de 2010

Haverá sucesso para Gran Turismo 5?

Em produção por 5 anos, por que se esperaria sucesso de Gran Turismo 5?

Fotografia do R8 batida por RobsonB

Estava jogando o Gran Turismo 5 Prologue (GT5P) (obrigado ao Rico por isso), uma espécie de versão “beta” da versão final que a desenvolvedora do jogo dispôs para que os fans (tipo eu) não morressem durante a longa espera. A verdade é que o prologue está longe da versão final, já que até mesmo a física do jogo (neste baseada no GT4 final) foi refeita do zero para maior realidade.

DSC05447r

Eu já havia falado que este é, se não O, um dos principais motivos de se ter um PlayStation 3. Venho jogando Gran Turismo 4 (68% concluído já, até novembro eu chego lá) no PlayStation 2 e havia no começo deste ano jogado a pista especial do GT5 com o novíssimo Nissan 370z. E o que se pode esperar do Gran Turismo 5?

 

Navegue pelo blog:
 
 
Gostou do blog? Você pode curtir no Facebook:
 
PSN ID: R4-RobsonB
PSN ID: R4-RobsonB
clique ver mais detalhes do meu perfil na PSN